BREAKING NEWS:   'A segurança, uma tarefa de todos', uma análise de Edmilson Vieira     Convocatória:  Convocam-se os membros da Associação Solidária para o Desenvolvimento de Safende - ASDS -, moradores e interessados a tomarem parte na Assembleia Geral da ASDS, que se realizará no próximo dia 09 de Março, às 10:00, na Escola EBI de Safende. Inscreva-se!

quinta-feira, 28 de Agosto de 2014

Publicado por SAFENDEONLINE | 18:02
Este SÁBADO DIA 30 de Agosto 2014, 15h escola EBI de SAFENDE, haverá mais uma sessão da Universidade para Capacitação em Associativismo para o Desenvolvimento Comunitário com o tema: Gestão democrática e Prestação de Contas, com Rony Luís Moreno Moreira.

A Universidade insere-se no plano de dotar o bairro de uma associação comunitária capaz de responder a dinâmica e exigência do desenvolvimento comunitário e pretende capacitar os futuros líderes e dirigentes comunitários que serão eleitos na eleição comunitária marcada para 14 de Setembro de 2014.

Passe esta mensagem ao seu vizinho/a
Publicado por SAFENDEONLINE | 17:57
 Confira uma pequena entrevista com Dino no âmbito deste mês da Juventude

1 - Como é ser jovem hoje, em Cabo Verde?
Ser jovem hoje em Cabo Verde e no mundo é algo maravilhoso. É sempre desafiante ser jovem pela beleza e até alguma ilusão que a juventude em si carrega mas também pela responsabilidade ou irresponsabilidade atribuída, assumida omitida aos/pelos jovens. Enquanto jovem ainda temos vivo o entendimento do “querer é poder” algo que não é tao presente quando se é criança ou se é adulto. E isto é maravilhoso. É superficial, mesmo é tentador a proposta de dizer que ser jovem hoje em Cabo Verde é melhor ou pior, fácil ou complicado. Todavia as coisas fáceis não são sempre mais adequadas ou justas. Ser jovem hoje ou como sempre é desafiante. E os desafios diferirão dos de ontem e dos do amanha. Mas também os instrumentos e os meios são diferentes. Temos vários “seres” jovem em Cabo Verde. Meu ser jovem tem sido, agradecido á geração anterior, tentar assumir que posso deixar um Cabo Verde melhor para a geração vindoura, com as oportunidades que pude ter e ou criar pensando global e agindo local e desafiando o agir global pensando local. Escolhi escapar das drogas e do álcool e escapar de ter uma família espontânea apostando tudo na minha capacitação pessoal e profissional, contando com muitos amigos.

2- Como tu vês a juventude cabo-verdiana no momento, face aos desafios do país e do mundo?

Como referi anteriormente nossa juventude é heterogénea. Poderia falar de uma pequena parte que vem assumindo e enfrentando com algum sucesso os muitos desafios que se colocam ao país ou ainda falar de uma parte grande que leva sua vida normal que estuda e ou trabalha e que é formada – ao menos bem informada. Mas meu foco tem sido aquela juventude que foi algo exterminada na década 2004/2014, seja os que vão jazem no cemitério, os que vão ter que refazer as suas vidas depois da prisão e alguns ainda que eventualmente ficam incapacitados física e psicologicamente para toda a vida, vítimas da violência quiçá “gratuita”! E vejo aqui uma juventude triste. Estatísticas podem dizer que é uma pequena minoria mas a maioria é ou tem sido irrelevante ante este extermínio. Não posso deixar de pensar nessa juventude que não pudemos salvar e que por acções ou omissões o país deixou cair. E tristemente temos ainda potenciais jovens a fazer esta estrada. Fica-me sempre aquele sentimento de que as “juventudes” pelo menos fazendo valer o seu peso numérico em Cabo Verde, poderiam fazer mais face a nossa realidade. Se demanda mais e melhor capacitação é outro debate.

3- Quais são os principais desafios que se impõem aos jovens nos dias actuais?
Permita-me aproveitar e não falar do desafio do desemprego pois é sabido. E não é que “Trabalho significa dignidade, trabalho significa levar o pão para casa, trabalho significa amar!” como dizia Papa Francisco? Ou falar da Justiça, ao menos sentimento/percepção de injustiça. Sabemos que a justiça é condição sine qua non para termos a paz. Aliás a paz é fruto da justiça. Sonho então que o maior desafio que se põe aos jovens é talvez o desafio de ser jovem, que passa por ter razões de viver e esperar feliz! É tarefa de todos, cada um na sua dose, trabalhar para que que os jovens de hoje em Cabo Verde tenham tais razões.

4 - Os jovens de hoje, em CV, têm causas?
Olha, em algumas situações podemos tristemente constatar que o país e os jovens estão desencontrados…muitos direitos e deveres dos jovens constitucionalmente consagradas ainda insistem em ser distantes possibilidades. Esses direitos deveres poderiam constituir grandes causas. Podemos ver pequenos sinais, dependendo do ponto em que estamos situados. Podemos ver lutas por causas desde o básico, que é conseguir alimentar-se para sobreviver, passando pelo desenvolvimento comunitário até ambição política/liderança do país! A meu ver, mais de uma perspectiva quase individualista. Minha impressão é que podemos aumentar muito nosso inconformismo organizado e capaz de sacrifícios importantes para o bem comum. Lembre que a insatisfação, primeiro pessoal, é primeiro ingrediente para sonhar e realizar causas e melhoria colectiva. Asseguro-lhe que minha convicção profunda, baseando na minha vivência jovem com alguns jovens é que os jovens CV tem grandes potencialidades ainda inexploradas ombreando com gritantes défices de criatividade e ousadia das lideranças do país, a vários níveis, para transformar esta energia, qual pulmão do mundo, em ganhos mais visíveis, mais efectivos que possam concorrer para uma nação mais feliz e em paz de consciência.

5 - Que mensagem deixas aos jovens de CV?

Gente, Amor ki ta vensi! Devemos desafiar colocar amor, mais amor, em tudo. Lembra-me de Mandela, boa mente e um bom coração! E desafie a pequenas coisas que as grandes chegarão a seu tempo. Dê bom dia, a próxima pessoa com que cruzar, peça por favor agradeça genuinamente a pessoa que tiver a sorte de lhe encontrar na próxima ocasião.
Publicado por SAFENDEONLINE | 17:52

São convocadas as pessoas de Safende Di Nós principalmente os pais e ou encarregados de educação das crianças que estudam na Escola EBI do bairro a participarem na limpeza e preparação das salas e redondezas da escola para o arranque do ano lectivo 2014/2015!
A educação é a principal arma para combateres a pobreza e a insegurança no bairro! Invista no seu filho!

Colabore informando as pessoas que não tem acesso a net!

sexta-feira, 15 de Agosto de 2014

Publicado por SAFENDEONLINE | 09:48

Infelizmente, Safende acordou com a morte de mais um jovem - Rick Ross, por um outro jovem, também do bairro.

quinta-feira, 14 de Agosto de 2014